Cargando...

Por folha salarial enxuta, Fla estuda dispensas

Publicado em 14 - 01 - 2013
Por folha salarial enxuta, Fla estuda dispensas

Diretoria fez revisão de contratos do elenco. Vagner Love custava R$ 1,083 milhão por mês e números de Ibson assustam

O antigo contrato de Vagner Love foi apenas um dos revistos pela nova diretoria do Flamengo com o intuito de reduzir a folha salarial, que é de aproximadamente R$ 5 milhões. E a relação custo-benefício será um fator determinante para novos cortes.

No total, o Artilheiro do Amor representava um gasto de R$ 1,083 milhão por mês, contando os impostos. Além dessa despesa, que representava praticamente um quinto da folha, existia uma dívida de 7,5 milhões de euros (R$ 19,5 milhões) com o CSKA (RUS), que foi simplesmente limada com o retorno do atacante à Rússia.

E os números do contrato de Love não foram os únicos que causaram espanto nos dirigentes rubro-negros. O volante Ibson, que não conseguiu uma sequência em 2012, não contempla uma relação vantajosa para o clube no quesito investimento na visão da cúpula de futebol. O camisa 7 recebe pouco mais de R$ 300 mil por mês, salário que é semelhante ao de Elias, contratado para ser titular.

>MAIS: ENTENDA O QUE LEVOU À SAÍDA DE VAGNER LOVE DO FLA

Além disso, os dirigentes não pouparam críticas à antiga direção, que aceitou pagar R$ 1,9 milhão ao empresário do jogador, Eduardo Uram, a título de comissão pelo negócio com o Santos. No ano passado, Ibson só foi apresentado depois que o agente recebeu uma garantia assinada pelo então vice de finanças, Michel Levy, que ele receberia o valor combinado.

Outros jogadores pouco aproveitados no ano passado e que têm um alto salário, como o volante Aírton e o atacante Liedson, também podem deixar o clube em breve.

Por ora, os cortes serão graduais, até porque o elenco rubro-negro carece de jogadores em algumas posições, especialmente no meio e no ataque. Ao mesmo tempo que enxuga a folha, o clube também abre espaço para que nomes tarimbados possam chegar para o Campeonato Brasileiro, em maio.

Estão na mira

Ibson
Não apresentou um bom futebol no retorno ao Flamengo e foi reserva em boa parte do returno do Brasileiro do ano passado. Recebe pouco mais de R$ 300 mil, salário que é semelhante ao de Elias, que joga na mesma posição e foi contratado para ser titular em 2013. Comissão paga ao agente de Ibson também foi criticada pela atual gestão.

Aírton
Contratado no meio de 2011, volante fez apenas 41 jogos e marcou um gol. Ganha cerca de R$ 150 mil.

Liedson
Com salário de aproximadamente R$ 200 mil, jogou só 16 vezes em 2012. Por ora, será mantido.

fonte: lancenet

Deixe seu comentário