Cargando...

"Jogar pela Espanha seria a cereja do bolo"

Publicado em 05 - 02 - 2015

Siqueira quer defender seleção espanhola

Guilherme Siqueira disse que aceitaria jogar pela Espanha

O Brasileiro jogador do Atlético de Madrid, deu uma entrevista um tanto polêmica para a ESPN.

Hoje, o garoto que saiu do Brasil aos 17 anos, sem nunca ter jogado em uma equipe de seu país, ficou encostado na Udinese e sofreu com salários atrasados é titular de um dos times mais fortes da Europa, e deve receber em breve um convite para atuar pela seleção da Espanha, segundo jornais esportivos do país.

"Olha, vou escrever um livro contando o que eu já passei (risos)! Já vi tudo o que o futebol tem de ruim, agora estou vendo o que tem de bom", brincou Guilherme, em entrevista à Rádio ESPN.

Mas e se a Espanha chamar, como fica?

"Sou brasileiro de sangue e coração, amo meu país, mas, profissionalmente, foi na Espanha que reencontrei meu futebol. Aqui, fui muito bem tratado e respeitado. Se tivesse um chamado da Espanha amanhã, seria a cereja do bolo pra mim, uma recompensa pelo meu trabalho aqui. Com certeza eu aceitaria! Se tivesse as duas opções, claro que escolheria a brasileira, mas se a Espanha chamasse, eu iria, porque me sinto espanhol também", afirmou o catarinense.

Präsentation-Siqueira-02

Siqueira em sua apresentação pelo Atlético de Madrid

No Campeonato Espanhol, Siqueira tem o brasileiro Neymar como uma de suas maiores preocupações. No último dia 28 de janeiro, inclusive, o ex-santista fez chover no confronto contra o Atlético pela Copa do Rei, vencido pelo Barça por 3 a 2 em pleno Vicente Calderón. Neste jogo, causou polêmica o gesto do lateral Juanfran, que fez o número 7 com as mãos, ironizando a goleada por 7 a 1 que o Brasil levou na Copa do Mundo. Também brasileiro, Guilherme diz que não se importou.

"Isso faz parte do futebol. Existem várias maneiras de provocar um adversário em campo, e pra mim isso é do espetáculo. Eu não julgo quem provoca, porque é comum no futebol. O Neymar tem esse estilo de jogo extrovertido e diferenciado. O Juanfran tentou desestabilizá-lo com este gesto, não dou muita importância a isso, a gente tenta de todas as maneiras tirar a atenção ao adversário. Não ficaria chateado se alguém fizesse isso comigo", assegurou.

"Mas eu brinquei com o Juanfran: 'Eu sou brasileiro, não vai fazer isso pra mim que doeu em mim também. E vocês saíram da Copa antes da gente (risos)'", completou.

Siqueira entra em campo no próximo sábado, para enfrentar  o poderoso Real Madrid no Vicente Calderón.

Vote em quem vai ser o melhor gringo do futebol brasileiro em 2015

Vote na mais feia pancadaria dos brasileiros espalhados pelo mundo

Notícias Mais Lidas

Deixe seu comentário