Cargando...

Guerrero quer jogar as oitavas e chuta o balde contra Palmeiras, Santos e Centurión

Publicado em 24 - 04 - 2015
Guerrero quer jogar as oitavas e chuta o balde contra Palmeiras, Santos e Centurión

Guerrero ficou duas semanas impossibilitado de jogar por estar com dengue

"Agora é esquecer o Campeonato Paulista porque não era nossa prioridade. Deixar o Palmeiras e Santos se matando. A gente gosta de campeonato grande, coisas maiores. Não isso"

Paolo Guerrero não esteve em campo na decisão contra o Palmeiras, jogo que definiria o finalista do Paulistão. A eliminação nos pênaltis contra o time alviverde não causou impacto para o atacante peruano. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, Guerrero ironizou o fato de Palmeiras x Santos estarem disputando título estadual, enquanto o Corinthians almeja o bicampeonato da Libertadores.

+ Receita Federal quer morder os clubes grandes

Guerrero também deu recado ao são-paulino Ricardo Centurión, que postou mensagem no Twitter dizendo que o São Paulo era o maior do Estado.

"Eu não quero dar risada agora, né? Eu não quero entrar nessa polêmica. Quem tem que falar quem é o melhor são vocês [repórteres]. A gente já demonstrou quem é o melhor".

"Esse time [Corinthians] tem a cara das decisões. Podem ficar tranquilos que vamos demonstrar que somos o melhor time do Brasil".

O atacante ficou 14 dias afastado do futebol devido a dengue. Neste período doente, ele calcula que perdeu 3 quilos. O retorno aos treinos aconteceu na quinta. Ele acredita que estará em campo para o compromisso contra o Guaraní/PAR, dia 6, pelas oitavas da Libertadores.

"Estou me sentindo muito melhor. A evolução está sendo muito rápida. Quero me recuperar o mais rápido possível para a primeira decisão da Libertadores".

Deixe seu comentário