Cargando...

Morre Zito, um dos maiores ídolos do Santos e da Seleção

Publicado em 15 - 06 - 2015
Morre Zito, um dos maiores ídolos do Santos e da Seleção

Zito nos deixou na madrugada desta segunda

Zito sofria com problemas de saúde desde o ano passado

O futebol amanheceu de LUTO. Ontem dormimos com a vitória da seleção, hoje acordamos com a perda de um vencedor. Um ícone do futebol brasileiro, campeão mundial, ídolo do Santos e da seleção, acaba de nos deixar.

Aos 82 anos, José Ely de Miranda, conhecido como Zito, faleceu na cidade de Santos, onde vivia. O velório será realizado nesta segunda-feira, das 8h às 13h, no Memorial Necrópole Ecumênico no Marapé, em Santos. Depois, o corpo segue para Roseira, no interior de São Paulo, cidade natal do ex-jogador.

Pelo Santos, Zito fez parte do time que teve Pelé, Pepe e Coutinho. Juntos, eles foram campeões do Mundial em 1962 e 1963.



Além de história pelo Santos, Zito também se destacou com a camisa da seleção brasileira. Ele esteve nos dois primeiros títulos mundiais, em 1958 e 1962. Ele ainda disputou a Copa de 1966.

Foram 15 anos de Zito jogando pelo Santos, entre os anos de 1952 e 1967. Ele ficou famoso por incentivar os companheiros a continuar fazendo gols mesmo quando uma larga vantagem já havia sido construída.

Depois de se aposentar, Zito assumiu um papel importante nas categorias de base do Santos. Ele é conhecido por ter descoberto nomes como Neymar, Robinho e Diego.

Em seu twitter, Neymar deixou uma mensagem para o craque Zito

zito

Modesto Roma, presidente do Santos, foi informado da morte em participação ao vivo no programa Mesa Redonda, da Gazeta.

- Difícil, cara, difícil falar do amigo, principalmente. A cadeira do Zito na Vila é ao lado da minha, assistimos muitos jogos juntos e eu dizia: 'você é o maior corneteiro que conheci'. Mas um homem com uma visão. Você falou Neymar? Eu digo que Zito viu Robinho, viu Diego, foi um dos grandes nomes de revelação do Santos. Zito é um amigo, agora já saudoso. Meu sentimento a dona Cecíla, às filhas do Zito e, realmente, triste, chateado pela perda do grande capitão, ele sim, o grande capitão, falou o presidente ao ficar sabendo.

Pela morte de Zito, o Santos decretou sete dias de luto oficial e suspendeu as atividades desta segunda-feira. O clube lançaria um livro do título Paulista nesta segunda-feira, mas cancelou o evento.

-Obrigado por tudo, Zito. Descanse em paz, eterno capitão, escreveu o Santos no Twitter.

Foi com bastante pesar que o Estádio Vip recebeu  a triste notícia, venho por meio desta nota, expressar nossos profundos sentimentos para a família do craque Zito. 

Obrigado Zito

Colaborou Uol esporte

Neymar deu show e Brasil passou em seu primeiro teste

Notícias Mais Lidas

Deixe seu comentário