Cargando...

Deixando o Al Sadd, Muriqui quer voltar ao futebol brasileiro

Publicado em 08 - 02 - 2016
Deixando o Al Sadd, Muriqui quer voltar ao futebol brasileiro

Atacante busca uma equipe brasileira para jogar

Afastado pelo Al Sadd, Muriqui quer voltar ao futebol brasileiro e busca uma oportunidade para fazer história em seu país de origem.

Os clubes brasileiros podem contar com um novo produto no mercado. Após uma carreira vitoriosa fora no exterior, Muriqui quer voltar ao futebol brasileiro.

Com 29 anos, o atleta que pertence ao Al Sadd, do Catar, está disponível no mercado e já pode ser negociado.

Recebendo mais de US$ 3 milhões (R$ 11,7 milhões) por temporada, o atacante vai ser negociado pelo Al Sadd. Pagando um alto salário para o atacante, o time do Catar não quer mais contar com o jogador, já que seu alto custo está afetando a saúde financeira da equipe.

Consciente de que terá que reduzir seu salário para voltar ao Brasil, o jogador não se importa em receber bem menos no país do futebol.

- Para me pagar o que eu ganho aqui, não. Eu teria que abrir mão de muita coisa. Eu tenho uma situação confortável financeiramente e, hoje, estou vendo mais meu lado profissional que financeiro. Minha esposa não quer voltar, viver aqui é muito melhor. Temos segurança, meu filho pode aprender outras línguas... Seria mais prático continuar aqui, mas tenho desejo no meu coração de voltar. Não sei se vou conseguir agora. Conquistei muita coisa na Ásia, coletivamente e individualmente. Tenho esse desejo de voltar. Quero ser campeão, brigar para ganhar a Libertadores, o Brasileiro. Creio que no futebol asiático eu venci, mas agora quero vencer dentro do meu país - disse Muriqui.

Mesmo querendo voltar o Brasil, Muriqui não deve sair de graça. Para contratar o atacante, o Al Sadd investiu 8 milhões de dólares, por isso, o clube deverá pedir uma compensação financeira, mesmo querendo se livrar do jogador.

Notícias Mais Lidas

Deixe seu comentário