Notícias 

Com casa cheia, Marcos se despede do futebol em partida festiva

No adeus, ídolo promove encontro entre Palmeiras de 1999 e seleção brasileira de 2002 no estádio do Pacaembu

Um dos maiores ídolos da história do Palmeiras se despede do futebol nesta terça-feira. “São Marcos de Palestra Itália”, como é chamado pelos alviverdes, é a estrela do jogo festivo marcado para o estádio do Pacaembu, às 22h (horário de Brasília). De um lado, um combinado de ex-jogadores do Verdão. Do outro, uma equipe formada por craques que brilharam na seleção brasileira.

Mais de 36 mil ingressos foram vendidos para a festa do ex-goleiro, prova de que o rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Brasileiro não desanimou o palmeirense para a última oportunidade de ver o eterno camisa 12 em campo. Na partida, ele jogará apenas pelo Verdão, já que o estatuto prevê: para ganhar um busto no clube, o atleta não pode atuar jamais contra o Palmeiras.

O time será um misto da equipe de 1999, que venceu a Taça Libertadores da América. Nomes como Arce, Cleber, Edmilson, Euller, Evair, Galeano, Júnior, Oséas, Paulo Nunes, Rivarola, Sérgio, Veloso e Zinho estão confirmados. Pela Seleção, Belletti, Cafu, Denilson, Edilson, Juninho Paulista, Luizão, Ricardinho, Vampeta e Ronaldo vão marcar presença.

Há a expectativa de que Marcos termine a partida jogando no ataque, como sempre brincava nos treinos, mas a organização do evento não confirma e diz que tem algumas surpresas para o dia da festa. O ex-goleiro receberá uma placa da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) pela “brilhante atuação” na conquista da Copa do Mundo de 2002. O técnico Luiz Felipe Scolari, comandante da Seleção naquela oportunidade e recém-contratado novamente para o cargo, estará no Pacaembu.

Longe dos gramados há mais de um ano, o “Santo” mal teve tempo de ficar em casa nesta temporada. Ele acompanhou o Palmeiras em diversas viagens ao longo da Copa do Brasil e já perdeu a forma que tinha durante os tempos de jogador: com oito quilos a mais, ele aparecerá com o visual um pouco mais “gordinho” diante do torcedor no estádio do Pacaembu.

A patrocinadora de Marcos lançou um kit, que será utilizado por ele na partida de despedida e que também pode ser adquirido pelo torcedor. Nele há uma réplica da chuteira que o “Santo” utilizará em sua despedida, além de um par de luvas e de uma camiseta com a imagem do ex-atleta. Foram colocadas à venda 532 unidades – mesmo número de jogos que Marcos teve com a camisa do Palmeiras.

Uma camisa especial também exalta a trajetória de Marcos com a camisa alviverde: além das partidas disputadas pelo clube, um patch estampado ainda lembra os 12 títulos conquistados no período entre 1992 e 2012.

Dores nos joelhos, jeito irreverente, sorriso fácil… Marcos Roberto Silveira dos Reis estará em campo pelo Palmeiras pela última vez na noite desta terça-feira. Diferente em alguns aspectos, mas idêntico à carismática figura que ganhou o respeito de todas as torcidas.

Artigos Relacionados

Leave a Comment