Futebol Italiano Mercado da Bola 2 Notícias 

Robinho de volta aos gramados brasileiros?

Negociação entre Milan e Santos havia sido adiada até abril, porém queda do time italiano pode antecipar um acordo

Com a queda do Milan na Liga dos Campeões, o Santos volta a sonhar em repatriar Robinho. A primeira foi em 2010, no início da administração de Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, por empréstimo de seis meses. Na última tentativa de levar o atacante de volta para a Vila Belmiro, em janeiro passado, não houve acordo quanto aos valores com o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, e nem com Robinho. Mas ficou combinado que os entendimentos serão retomados em abril. A queda do Milan diante do Barcelona podem antecipar as negociações.

“Esse é assunto que vamos ter de se discutir. Todos sabem da vontade que Robinho tem de voltar a jogar no Santos e do Santos em contar outra vez com o futebol de Robinho”, disse o presidente interino Odílio Rodrigues, nesta quarta-feira, salientando que tudo vai depender dos valores. “Investimos alto na contratação de sete reforços neste início de temporada e no momento o clube não teria condições de trazer Robinho de volta. Porém, o interesse poderá existir um pouco mais à frente”.

Informações extraoficiais no início do ano davam conta que o Milan teria recusado 10 milhões de euros por Robinho em razão do interesse em contar com o atacante na Liga dos Campeões. E que o Santos teria chegado ao seu limite, antes de contratar Montillo. Também teria sido considerado muito alto o salário de R$ 1 milhão por mês, livres de impostos, pedido por Robinho.

Agora, a situação mudou. Além de ter pago uma fortuna ao Cruzeiro por Montillo (R$ 16 milhões), o Santos enfrenta dificuldades financeiros por estar há dois meses e meio sem patrocínio master de sua camisa (peito e costas), uma das mais importantes receitas dos clubes. De acordo com o presidente interino, o clube negocia com duas ou três empresas e espera assinar o novo contrato em breve.

O que poderá ajudar o Santos é que, em dezembro, Robinho já poderá assinar pré-contrato para sair de graça do Milan no fim da temporada europeia de 2014. E o clube italiano poderá negociá-lo na próxima janela para salvar parte do investimento que fez na sua contratação e para abrir uma vaga para estrangeiro no seu elenco. Robinho também pode diminuir o seu pedido salarial por ter interesse em retornar ao Brasil porque se tornaria titular absoluto no Santos e aumentaria as possibilidades de convocação para a seleção brasileira.

Fonte: esporteinterativo.yahoo.com.br

Artigos Relacionados

Leave a Comment