Flamengo Mercado da Bola 2 Notícias 

Julio César deixa portas abertas para o Fla

Goleiro admite que permanência no QPR é difícil e afirma que filho o cobra para jogar no Flamengo. Mas diz que não foi procurado por times brasileiros

O goleiro Julio César vive dois momentos bem distintos. Enquanto vibra com a convocação para defender o Brasil na Copa das Confederações, acaba de ser rebaixado com o Queens Park Rangers no Campeonato Inglês. O futuro, nas palavras do próprio jogador, deverá ser em outro clube. Em entrevista ao “Arena SporTV”, o goleiro admitiu que o Flamengo, clube que o revelou, é uma grande paixão, admite um retorno ao clube carioca e cita uma cobrança até dentro de casa, do filho Cauê, de dez anos, para que volte à Gávea.

– O Flamengo é uma paixão antiga, o Flamengo é uma paixão eterna. Se eu cheguei onde cheguei, devo tudo ao Flamengo. Tenho um carinho muito especial pelo Flamengo. Alguns torcedores ficaram tristes quando disse, assim que eu cheguei na Europa, que não pensava em voltar a jogar no Brasil. Foi uma entrevista infeliz que dei na época (…) O Flamengo é uma paixão que mexe comigo até hoje. Se no futuro pintar a oportunidade de voltar a vestir a camisa do Flamengo, voltaria. Até porque meu filho fala muito sobre isso. Tenho um primo que mora nos Estados Unidos que também fala sobre isso. São coisas que mexem comigo – afirmou o jogador direto de Londres, na Inglaterra.

>> VEJA TAMBÉM: LATERAL MISTERIOSO PARA SUBSTITUIR LÉO MOURA

Ao mesmo tempo em que destacou a relação com o Flamengo, Julio César afirmou que não foi procurado por clubes brasileiros. E lembrou que hoje a vaga no gol do Fla tem dono e que não forçaria uma negociação, apesar de deixar a porta aberta para uma conversa.

– Não vou forçar, até por questão de ética. Tem o Felipe lá, que está fazendo um excelente trabalho (…) Na briga (o Fla) pode entrar. Todo convite é bem aceito – disse.

O goleiro agradeceu à diretoria do Queens Park Rangers pela confiança em seu trabalho, mas indicou que deixará o clube inglês, afirmando que jogar a Segunda Divisão poderia atrapalhar seu objetivo de disputar a Copa do Mundo de 2014.

Após disputar os campeonatos Italiano e Inglês, Julio César destacou a dificuldade de jogar o Brasileirão, para ele o mais complicado de se conquistar o título.

– Para mim, (o campeonato) mais difícil é o Brasileiro. No Italiano, Inter, Juventus e Milan são sempre os favoritos. No Inglês tem o Manchester United, City e Chelsea. No Brasil você não sabe o que acontece.

Fonte: sportv.globo.com

Artigos Relacionados

Leave a Comment