Notícias 

Dez craques que vão brilhar na Copa das Confederações

Separamos os principais jogadores que vão desfilar seu talento em solo brasileiro

Andrea Pirlo: renasceu como jogador desde que trocou Milan por Juventus em 2011 e segue como o jogador mais talentoso da Itália. Maestro do meio de campo, é também força importante na bola parada

Andrés Iniesta: autor do gol mais importante da história da Espanha, aquele deu a vitória por 1 a 0 contra a Holanda na final da Copa do Mundo de 2010, o meio-campista é presença praticamente certa para a Copa das Confederações. Seu estilo de jogo altamente técnico pode ser útil tanto no meio de campo quanto no ataque

Chicharito Hernandez: oportunista e inteligente, o centroavante mostra no Manchester United e na seleção mexicana seu faro de gol. Com 24 anos, o jovem atacante foi artilheiro e eleito melhor jogador da Copa Ouro de 2011

Keisuke Honda: polivalente, este técnico jogador consegue desempenhar diferentes funções no ataque, sendo peça fundamental da seleção japonesa. Parceiro de Vagner Love no CSKA de Moscou, fez dois gols na Copa do Mundo de 2010 e foi escolhido melhor jogador da Copa da Ásia de 2011

Lucas: contratado a peso de ouro pelo Paris St. Germain, o ex-são-paulino é opção para a ponta direita da Seleção Brasileira. Em seu primeiro jogo, Luiz Felipe Scolari usou o meia-atacante no segundo tempo e o viu participar da jogada do gol na derrota contra a Inglaterra

Mario Balotelli: este atacante costuma ser notícia mais pelas confusões que protagoniza do que pelos gols marcados. Entretanto, na Eurocopa foi fundamental na vitória sobre a Alemanha na semifinal da Eurocopa de 2012, e tentará mostrar na Copa das Confederações porque merece ser titular da Itália

Neymar: o jogador brasileiro mais badalado da atualidade terá que provar em casa porque é considerado um dos melhores do mundo, mesmo sem deixar o País. O atacante é uma das poucas peças incontestáveis da Seleção Brasileira, que ainda tenta se definir

Victor Moses: para o torcedor brasileiro, ele é mais lembrado por sua atuação ruim contra o Corinthians na final do Mundial de Clubes. O jogador do Chelsea, entretanto, mostrou seu talento na campanha campeã da Nigéria na Copa Africana de Nações, em que fez dois gols e foi eleito para a seleção do torneio

Xavi Hernandez: o mestre do passe é arma importante da Espanha para a Copa das Confederações. O meio-campista sofreu com o físico nos últimos anos e buscará chegar ao Brasil em condições competitivas

Edinson Cavani: grande craque do Napoli e um dos principais jogadores do Campeonato Italiano, o atacante é disputado por gigantes da Europa e é arma importantíssima da seleção uruguaia.

Artigos Relacionados

Leave a Comment