Notícias 

Diretor de marketing do Corinthians diz que preços dos ingressos não vão baixar

Izael Sinem acha justo o valor cobrado para um jogo do Corinthians na Arena, poi o clube atende a todas as classes sociais do país

Em entrevista, Izael Sinem, responsável pela área, fala sobre a escassez de patrocinadores no mercado e explica por que discorda da maneira como se pensam os estádios no Brasil.

“Aqui se criou uma cultura de que a arena tem de ser barata e a TV é cara. No mundo inteiro você dá acesso à massificação do esporte pela TV ou a mídia em geral. Quem vai na arena são aqueles que podem pagar, porque vão ver o show ao vivo. Pagar ingresso para qualquer esporte no mundo é caro”, diz o dirigente, que assumiu o cargo no Corinthians no início desse ano.

+ Clubes com mais sócios-torcedores no Brasil
+ Irregularidade no contrato do Petros pode fazer o Corinthians perder 21 pontos
+ Grêmio pode voltar à copa do Brasil

A visão de Sinem se aplica à política que o clube vem adotando na Arena Corinthians. Hoje, só 11 mil dos mais de 45 mil lugares do estádio são vendidos a preços populares, e 7 mil deles são exclusivos das organizadas. Há, na torcida, quem pressione por um barateamento do tíquete com base no histórico de que o Corinthians é o “time do povo”. O velho slogan, na visão do dirigente, não pode ser mal interpretado.

“O Corinthians é o time do povo, do povo brasileiro. O Corinthians não é o time do povão, da classe C e D, só”, diz Izael, que explica melhor o raciocínio. “O Corinthians é o maior retrato da pirâmide brasileira. Se perguntar hoje qual é o clube que tem mais torcedores da classe A, é o Corinthians. Qual é o maior clube da classe média do Brasil? É o Corinthians. Maior nas classes D e E, na base da pirâmide? É o Corinthians. Por quê? Porque ele representa o extrato da população brasileira”, completa.

Acompanhado de Alexandre Ferreira, gerente de marketing, e Carlos Martins, responsável por licenciamento, Izael falou durante uma hora sobre temas variados, e opinou sobre o mercado em que está inserido e o futuro do Corinthians.

Artigos Relacionados

Leave a Comment