Mercado da Bola 2 Notícias 

Gilberto Silva quer voltar a jogar em 2015

Aos 38 anos, Gilberto Silva se recupera de lesão no joelho direito, diz que pretende atuar mais um ou dois anos e faz planos para o futuro fora dos campos

Mesmo sem ter jogado em 2014, o volante Gilberto Silva, de 38 anos, afirma não ter encerrado a carreira como jogador profissional. De acordo com o jogador, que atou em 2013 pelo Atlético-MG, quando foi campeão da Copa Libertadores da América, a intenção dele é jogar por mais uma ou duas temporadas.

– Ainda não defini encerrar, está sendo um ano bem atípico. Virei o ano pela primeira vez, depois de 20 anos, sem contrato (2013 para 2014). Tive uma lesão no joelho direito, e ai estou esse ano inteiro tendo que me recuperar, tive complicações na cirurgia e estou em um processo final de reabilitação, e a ideia é jogar um ano ou mais, mas essa é a ideia. Porém, quero me recuperar 100% para poder fazer isso – disse Gilberto, em entrevista ao site Globoesporte.com, revelando também que pretende continuar no futebol ao fim da carreira como jogador:

– Eu quero me preparar, nesse período que estou parado fiz alguns cursos não só da área do futebol, tem sido importante aprender também outras coisas além do meio esportivo, penso claro em fazer um curso de treinador, na área de gestão, mas não só para ser treinador, mas para ter um conhecimento. No futuro eu encaminho mais na área de gestão, mas ainda não defini a minha situação. Enquanto eu não resolver isso de vez, não vou tomar nenhuma decisão.

+ Vote aqui no gol mais bonito do Brasileirão 2014

Campeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002, Gilberto atuou na Europa por oito anos. Seis deles no Arsenal, sob o comando do francês Arsène Wenger. Gilberto revelou ainda que tem convite para retornar ao clube inglês, mas, segundo ele, este é um projeto para o futuro.

– Tem convite sim, mais para frente. Tudo é possível, isso me deixa feliz, quando você tem esses convites, as pessoas te enxergam com um perfil diferente, que você pode contribuir, me deixa feliz e motivado. E me faz querer aprender com outras pessoas, buscar conhecimento e também desenvolver o seu próprio modelo.

Artigos Relacionados

Leave a Comment