Notícias 

Os 10 maiores patrocinadores do futebol brasileiro

Se 2015 não começou com grandes contratações por parte dos grandes clubes, ao menos em termos de patrocínios, o cenário melhorou – não para todos, claro.

Vários clubes que tiveram enorme dificuldades de conseguir um patrocínio master nos últimos anos chegam em 2015 com força. Conheça os maiores patrocínios master do futebol brasileiro.

?Entre os gigantes do futebol brasileiro, apenas três não possuem acordos para patrocínios master: São Paulo, Santos e Cruzeiro.

O Tricolor já não possuía acordo no ano passado e, nessa temporada, tomou uma passada de perna do Palmeiras; o Santos tinha com a chinesa Huawei, que não renovou; o Cruzeiro, por sua vez, tentou fechar com a Caixa após o BMG sair, mas foi em vão.

Com contrato válido até junho desse ano, a Banrisul está na camisa do Grêmio há anos. Pelo acordo, o banco paga ao tricolor 13 milhões de reais ao ano. O clube costura uma renovação com o parceiro de longa data.

+ CONFIRA COMO ESTÁ A MOVIMENTAÇÃO NO MERCADO DA BOLA

Depois de 15 anos juntos, Fluminense e Unimed encerraram uma das parcerias mais longas da história do futebol brasileiro. O clube correu para não ficar no prejuízo e acertou com a Viton 44, que pagará 14 milhões nessa temporada, podendo ter uma valorização de 50% no próximo ano.

Nem mesmo a queda para a segunda divisão estremeceu a relação entre o Botafogo e a Viton 44, que está no clube há quase dois anos. A empresa de bebidas paga ao alvinegro 15 milhões por temporada e o vínculo entre as partes se encerra no fim desse ano.

?Outro clube carioca que recebe 15 milhões de reais por ano é o Vasco. O Gigante da Colina tem parceria com a Caixa, que só foi possível pelo fato de o clube apresentar as certidões negativas de débito e evolução em suas finanças.

Tal qual o arquirrival Grêmio, o Inter possui um contrato expirante com a Banrisul. Diferentemente do Tricolor, o Colorado recebe 16 milhões por ano pelo acordo com o banco. A empresa, que também é parceira de longa data, deve firmar um novo acordo com o clube no meio do ano.

Depois de dois anos de penúria, a maré parece mesmo ter virado no Verdão. O Palmeiras firmou um contrato de dois anos com a Crefisa, dando um novo chapéu no São Paulo, que estava perto de um acerto com a empresa, por 23 milhões de reais. O projeto do clube foi muito elogiado pela nova parceira.

Assim como ocorreu com o Cruzeiro, o Atlético-MG também encerrou sua parceria com o banco BMG. Mas diferentemente do clube celeste, o Galo conseguiu costurar um novo acordo, com a MRV: a empresa pagará 23 milhões/ano, até 2017. É o mais longo contrato de patrocínio master do país.

O Flamengo é um dos muitos clubes brasileiros patrocinados pela Caixa. O banco paga ao rubro-negro 25 milhões por ano. O valor é o segundo entre patrocínios master, mas o Flamengo se orgulha de ter a camisa mais valiosa, passando de impressionantes 85 milhões no total.

?Também patrocinado pela Caixa, o Corinthians é quem possui o maior patrocinador master do país. O banco paga ao paulista cerca de 30 milhões de reais. Somados às mangas e ombros, o clube ultrapassa dos 80 milhões com sua camisa.

Artigos Relacionados

Leave a Comment