Notícias 

Ex-goleiros mostram preocupação em relação a Julio César

Ex-jogadores da posição questionaram a presença do camisa 12 na Copa do Mundo

A constante presença do goleiro titular da seleção brasileira Júlio César nunca foi uma unanimidade. O goleiro, que atuava no modesto Queens Park Rangers, da segunda divisão do Campeonato Inglês, era criticado por atuar em um time fraco e também por não atuar por muitas vezes na equipe, onde era reserva em algumas oportunidades.

Homem de confiança do técnico Luiz Felipe Scolari, o camisa 12 teve sua presença questionada na Amarelinha e na Copa do Mundo de 2014 por ex-goleiros, em entrevista ao Extra, após o anúncio de que o arqueiro do Toronto FC seria um dos 23 convocados para a competição.

FELIPÃO FALA SOBRE O RACISMO NO FUTEBOL

Reserva no Mundial de 1994, quando a Seleção foi tetracampeã, Gilmar Rinaldi afirmou que Júlio é um ‘mistério’.
“Vamos para uma Copa e o Júlio é um mistério. Ele tinha tudo para ser um dos melhores do mundo, mas não encontrou uma equipe forte para jogar”, disse ele.

Assim como Gilmar, Emerson Leão também demonstrou certa desconfiança no titular da Amarelinha. Para Leão, o camisa 12 pode não estar em forma no Mundial.
“Felipão está prestigiando o Júlio de maneira muito intensa. Abraçou o risco. Meu receio é que não esteja em boa forma”, declarou.

Wágner foi mais um a falar sobre o jogador do Toronto. Para o campeão brasileiro de 1995 com o Botafogo, o titular pode sentir a falta de ritmo.
“Vamos correr um risco, pelo tempo de inatividade do Júlio. Confio na qualidade, mas a falta de ritmo pode prejudicá-lo. Na Copa, serão sete jogos. Não se pode errar”, afirmou.

CONFIRA A TABELA DA COPA DO MUNDO

Campeão mundial pelo Flamengo em 1981, Raúl também revelou que se preocupa com o fato de Julio estar em um time de pequena expressão e em uma liga considerada fraca.
“A distância entre o time dele e a seleção é enorme. O fato de estar num clube sem expressão é preocupante”, frisou.

Artigos Relacionados

Leave a Comment