Notícias 

Segundo jornal espanhol, o melhor goleiro do Brasil não vai à Copa pois está preso

Bruno, ex-goleiro do Fla, e condenado pelo assassinato da amante Eliza Samudio, é citado pelo Mundo Deportivo como maior potencial para ser titular da Seleção

Nem Julio César, nem Jefferson, tampouco Victor. Para o periódico espanhol “Mundo Deportivo”, o melhor goleiro do Brasil não vai à Copa do Mundo porque está preso. Ainda de acordo com o jornal, o ex-goleiro do Flamengo condenado pelo assassinato da amante Eliza Samudio, é o jogador que teria o maior potencial para ser o titular da seleção canarinha no Mundial em 2014.

A reportagem explica o atual momento do goleiro do Toronto FC, que perdeu espaço nas grandes equipes europeias por causa da queda de rendimento ao longo dos anos, e que muitos duvidam de seu potencial para estar entre os “11” da Seleção Brasileira. Ainda julga que o reserva Jefferson é mais regular embaixo das traves e sai melhor do gol, mas Scolari insiste em não dar-lhe oportunidade entre os titulares. Para o periódico, porém, ainda melhor que o arqueiro do Botafogo, seria a presença de Bruno.

FLAMENGO PODE TER OUTRO TÉCNICO APÓS A COPA

– O bom, que realmente surpreendia o Brasil com sua qualidade, não poderá defender nunca a camisa verde e amarela. Bruno Fernandes foi condenado a 22 anos de cárcere pelo assassinato de sua “ex-namorada” Elizia Samudio. Contratou um amigo de infância, Macarrão, para assassinar sua ex-parceira, esquarteja-la e lançar o corpo para os cachorros.

Ainda segundo a publicação, Bruno tinha tudo , estava destina a converter-se no goleiro titular da seleção pentacampeã.

– Mas o brutal assassinato de sua ex-namorada o impedirá de voltar aos campos de futebol. Com 22 anos de cárcere pela frente, só lhe resta ver o seu Flamengo da lavanderia onde chora sua pena – finaliza a crônica do Mundo Deportivo.

Artigos Relacionados

Leave a Comment