Notícias 

Com zaga mais alta, Palmeiras de Gareca ganha estilo europeu

Média de altura da zaga do Verdão é maior após chegada do argentino Fernando Tobio

Quando o Palmeiras não está com a bola, quatro zagueiros se juntam para fortalecer a defesa e “fechar” o gol de Fábio. Essa é uma das variações táticas treinadas pelo técnico Ricardo Gareca nesta semana em Atibaia, no interior de São Paulo, onde o Verdão encerra sua preparação nesta quarta-feira.

Com a contratação de Tobio, a média de altura da zaga do Verdão aumentou. O argentino tem 1,86m. Com Lúcio (1,88m), Marcelo Oliveira (1,84m) e Wendel (1,77m), a média chega aos 1,84m de altura.

“O Gareca tem um estilo europeu. Faz uma linha de quatro defensores bem compacta. Ele trabalha muito a parte tática, a organização, a proximidade, os jogadores estarem sempre próximos, no máximo cinco metros de distância. A defesa fica muito forte assim” – comentou o lateral Wendel.

+Vilson cobra 2 milhões de reais do Palmeiras
+ Verdão é derrotado em jogo treino com duas expulsões

Ainda sobre altura, no setor defensivo do Verdão o primeiro volante, Renato, tem 1,85m. Mantido entre os titulares nos treinamentos da equipe em Atibaia, jogador falou sobre a proximidade dos defensores exigida por Gareca.

– Fizemos um trabalho tático com o objetivo de melhorar na parte defensiva e também na ofensiva. O Gareca pede muito a marcação sob pressão lá na frente e a proximidade dos jogadores na defesa – destacou.

Com o paredão composto lá atrás, Gareca quer velocidade no setor ofensivo. Ele ataca com quatro meias, além do centroavante Henrique. São eles: Wesley, Bruno César, Diogo e até então Felipe Menezes, que acabou se machucando após jogo-treino no último sábado. O argentino Pablo Mouche foi quem ganhou a vaga no setor ofensivo.

Artigos Relacionados

Leave a Comment