Notícias 

A FIFA detona critérios de bola na mão usados por árbitros brasileiros

(contém vídeo) Critério utilizado pelos árbitros no Brasil foi criticado pela FIFA

A entidade máxima do futebol condenou nesta quarta-feira os critérios que vêm sendo utilizados pelos árbitros brasileiros para marcarem pênaltis quando as bolas atingem a mão ou o braço dos jogadores. O chefe de arbitragem da entidade máxima do futebol, Massimo Busacca, fez questão de ressaltar que os juízes da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não estão agindo de acordo com o que a organização sediada na Suíça orienta.

“Um jogador precisa de sua mão e de seu braço para correr, se equilibrar e saltar. Não se pode jogar sem a mão. O árbitro precisa fazer a leitura correta do lance”, ressaltou Busacca, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

+ Veja os melhores times brasileiros do século XXI

“Não se pode dar falta a qualquer toque na mão. Isso é um absurdo. O árbitro deve ver se a mão estava no local de forma natural ou não natural”, completou o ex-árbitro da Uefa, que explicou a regra.

“Tem que ser avaliado se o toque (da mão na bola) foi intencional ou não. Quando um jogador tenta fazer seu corpo maior usando a mão, isso deve ser punido. O juiz não pode só pensar como juiz e aplicar o que está escrito. Precisa se colocar no lugar do jogador para entender o movimento”, ensinou.

Pênalti cobrado a favor do Flamengo contra o Corinthians

Pênalti cobrado a favor do Corinthians contra o São Paulo

Artigos Relacionados

Leave a Comment